Home > Colunistas > Entenda as reações do seu corpo

Hoje quero falar sobre as reações que ocorrem em nosso corpo em diversas situações do dia a dia, despertando fortes emoções que podem ser de alegria e contentamento, ou de medo, raiva, angustia e ansiedade quando enfrentamos conflitos ou algum tipo de risco.

Sendo mente e corpo integrados, as alterações são percebidas quando ocorre algum desequilíbrio em algum órgão ou do sistema nervoso ou muscular. Tudo provocado por algum acontecimento que desencadeia reações diversas, que por sua vez, são influenciados por um sistema de crenças e pensamentos que regulam por meio de nosso sistema nervoso e muscular, nossos movimentos e reações físicas.

Então, podemos ter aceleração do coração, formigamento nas mãos e pernas, dores no estômago, tremores, suador, alteração no tom de voz e até dor de cabeça.

Tudo isso acontece de forma muita rápida e nem sempre conseguimos ter o controle necessário para nos mantermos equilibrados e podermos tomar uma decisão coerente com a situação.

A ideia é que crenças desequilibradas e pensamentos imaturos de uma pessoa, modulam diretamente a sua resposta corporal, gerando uma reação que altera o equilíbrio dos nervos e músculos.

Então o que fazer? Temos que trabalhar nossas crenças, entender melhor porque pensamos desta ou daquela maneira, o que é real e o que criamos como nossa realidade. Na medida em que vamos entendendo melhor o que nos faz acreditar no que é certo ou errado nas situações que vivenciamos, vamos conseguindo desmistificar, desconstruir certos pensamentos e criar outros mais positivos.

Entender as reações de nosso corpo nos momentos de muito stress, pode nos levar a um maior controle, possibilitar maior flexibilidade e consequentemente soluções mais equilibradas. Pode não ser fácil, mas quanto mais entendermos as crenças que nos levam a ter determinadas reações em momentos de adversidade, maior será o controle sobre essas mesmas reações e melhor o equilíbrio e a resiliência.

Vamos fazer essa reflexão?

Um grande abraço a todas vocês, queridas Cats.

Comentários

comentário

Deixe um comentário