Home > as cats > FLAVIA BOAGIONI

Era uma manhã de um feriado de novembro de 2015 e eu sai pra correr.Percebi no meio da corrida que estava com muita vontade de fazer xixi…achei estranho porque não é comum pra mim.
No retorno procurei meu ginecologista e pedi um exame de urina….achei que estava com infecção de urina…sei lá …
Resultado pronto e deu negativo
A semana foi passando e o incomodo continuava
Começamos a investigar com exames de imagem,onde foi constatado uma massa cística de quase 10 cm no ovário esquerdo,foi aí que deu início ao turbilhão que virou a minha vida.
Marquei a cirurgia que até o momento seria por laparoscopia,mas claro que seriam necessários mais exames complementares porque a massa era muito grande e estava pressionando minha bexiga.
No último exame ,um ultrassom 4D ,tive a pior notícia da minha vida:VOCÊ ESTÁ COM CÂNCER DE OVÁRIO
Um choque …. vontade de gritar…pular da janela….não tenho ninguém na família com câncer de ovário.
Sai de da clínica e já fui direto no oncologista….
A cirurgia se deu depois de 3 dias ,foi tudo muito rápido ,mas estava correndo contra o tempo,tinha pressa
Foi feita histerectomia mais remoção de apêndice e graças a Deus ,cirurgia realizada com sucesso,sem gânglios afetados ou qualquer outra indicação de pontos de metástases .
Achei que estaria livre da aterrorizante quimioterapia,engano meu,como tive esse diagnóstico muito mais cedo do que o normal,com 44 anos,meu oncologista me indicou 6 sessões de quimioterapia a cada 21 dias.
Mais sofrimento, angústia pelo desconhecido …pelo sucesso do tratamento…pelos
Efeitos colaterais….
Tentei levar a minha vida mais normal possível ,continuava com a rotina,com o meu trabalho ,com os meus filhos
E não é que chegou ao fim
Uma hora tudo passa,tudo acaba
Esse tipo de câncer é silencioso,temos que ficar muito atentas a qualquer sinal que o corpo nos dá….qualquer alteração .
Graças a Deus ,depois de 18 meses ,só faço acompanhamento a cada 3 meses para controle e me sinto muito bem , sem nenhuma sequela só com uma história de vida pra contar.

Comentários

comentário

Deixe um comentário