Home > Bem Estar > Musicoterapia para pacientes com câncer

Musicoterapia para pacientes com câncer

Cats, vocês conhecem a musicoterapia?? 😻🎼 É uma forma de terapêutica que utiliza a música para ajudar especialmente pacientes oncológicos que fazem quimioterapia!! 🎧🎀

Vários estudos recentes têm mostrado que a musicoterapia apresenta muitos benefícios no enfrentamento do câncer e, um deles, realizado em 2011 pela Universidade de Drexel (Estados Unidos) com atualizações divulgadas em agosto de 2016, mostrou que esse tipo de terapia pode contribuir para o alívio da dor, da ansiedade e da fadiga, além da diminuição do número de medicamentos tomados pelos pacientes oncológicos e do tempo de internação.
A musicoterapia pode melhorar a qualidade de vida de pessoas que sofrem de câncer, e também pode ajudar a aliviar alguns sintomas da doença e efeitos colaterais da quimio como indisposição e enjoos. Ouvir música durante o tratamento pode aumentar a resiliência dos pacientes e deixá-los preparados para para encarar as sessões de quimioterapia ou de radioterapia.
Esse tipo de terapêutica envolve a orientação de um musicoterapeuta, o profissional com formação na área. Ele provavelmente vai selecionar cantores, estilos e letras que agradem o paciente e fazem sentido naquele contexto, porque os resultados geralmente são mais positivos quando a melodia possui significado pessoal para a pessoa que está se tratando.
“O musicoterapeuta emprega instrumentos musicais, o corpo, a voz e demais sons com a intenção de estabelecer canais de comunicação com seus pacientes”, explica a coordenadora do serviço de Musicoterapia do Hospital Sírio-Libanês, a musicoterapeuta Juliana Duarte Carvalho. “Desse modo, o musicoterapeuta auxilia indivíduos ou grupos no desenvolvimento de potenciais, na educação ou no restabelecimento de funções físicas, mentais e sociais”, acrescenta.
Alguns hospitais grandes já oferecem esse serviço, como o Sírio-Libanês e o Albert Einstein, por isso é sempre bom entrar em contato com o seu médico de confiança e procurar por práticas como essa que façam bem ao seu tratamento.

Comentários

comentário

Deixe um comentário