Home > as cats > NATALIA KAWECKI

Olá! Faz um tempo que estou seguindo essa página maravilhosa.
Confesso que antes de eu vivenciar um câncer com uma pessoa que eu amo sem limites fazia com que essa questão fosse de menor prioridade para mim. Tento ler e reler todos os posts, porque isso tem me me ajudado a lidar com essa situação que você sabe que é atordoante.
Passei da época do questionamento de o por que? Agora implantei o pra que disso tudo estar acontecendo. Existe o porque e o pra que… Não tenho dúvidas. Mas minha fé é inabalável!
Minha irmã é a pessoa que mais amo na vida depois dos meus filhos, e no dia 9 de agosto recebemos o diagnóstico do câncer de mama. Desde então estamos lutando com muita força,porque ela tem um câncer muito agressivo e invasivo,ela já está na segunda sessão de químio onde é na sexta fará a remoção total da mama e axila, já que a doença já foi para a área axilar. Ver quem a gente ama sofrer nos faz impotente,nos faz muito fraca, penso que ela está doente fisicamente e emocionalmente também porque ela teve pouco tempo para assimilar as mudanças. Ela é uma menina que gozava de saúde, com 35 anos e filhos gêmeos de 2 anos de idade…Quando se esperar isso acontecer em alguém tão jovem? Com um futuro tão esplendido? E participar da sua página me fez ver que vocês são guerreiras nos dando grandes lições de vida, todas jovens com futuros esplêndidos também e venceram ❤️???????????????????????????? então existiu uma nova força que me fez pensar o contrário que ela não estaria nessa sozinha eu arrumei formas de viver o que vocês estão passando porque eu também me sinto doente,mas emocionalmente. Eu também tenho câncer não é físico é mental,e dói porque agora a luta de vocês agora é a minha, é a luta que move meus dias e me faz acreditar que essa doença não vence e não tem força para acabar com a gente,ela veio para nos ensinar,veio para fazer de vocês guerreiras,anjos que levaram sua bela história para toda a posteridade. Eu fiz um desafio meu com minha irmã. Comprei lenços a ela, já que a vida toda ela usou cabelos compridos e ficar sem cabelo era o que ela mais temia. Junto com os lenços mandei fazer uma agenda com nossa foto de capa do dias dos pais,e a contra capa com uma fofo nossa de quando éramos crianças. Ficou lindo! E na capa diz assim: “Como amar mais uma irmã a cada dia!” A ideia da agenda é que fiz uma para mim igual e outra para ela,para que ali ela pudesse contar tudo que se passasse na cabeça dela,tudo que ela sente e não conta para ninguém e eu idem. Dei com o propósito de trocarmos essa agenda em uma prazo de um ano. Que é o tempo que eu creio que tudo passará…. Nessa última quinta feira ela perdeu seus lindos cabelos e eu não  hesitei de perder os meus que lindamente moldavam meu rosto como um quadro e sua bela moldura. Fiz antes dela  e me apresentei para ela ver que ela não está sozinha nessa batalha,queria que ela se sentisse abraçada,amada,protegida e estou aqui hoje contando que esse meu ato contribui sim para que esse momento que era tão temido,foi um marco para ela e para mim. Ela não quis me decepcionar! Não poderia recuar! Na verdade era esse o objetivo, ela não me decepcionaria porque na verdade na hora que a máquina começou a passar no meu cabelo e vi aquelas mechas lindas no chão o nó na garganta foi inevitável,o choro ficou engasgado e me olhar sem meu cabelo não foi nada fácil,até porque quem me conhece sabe a tamanha vaidade que existe em mim,mas acho que é nós mulheres. Todas somos lindas e vaidosas! Quando ela foi se ver nos espelho ela agachou no chão para chorar e  eu falei chora mesmo,não se prive disso,chore tudo que você quiser,mas quando levantar se olhe de novo e veja que sua beleza vai além do seu cabelo,levanta e enxerga a força que existe em vc para lutar ao meu lado. Ela se aceitou e está infinitamente mais linda do que eu. Agora somos mais duas representando as carequinhas lindas desse país. Obrigada por sua página me motivar e esclarecer tantas dúvidas!

natalia-3

natalia-1

Comentários

comentário

1 Resposta

Deixe um comentário