Home > Comportamento > NOVELINHA QEB | Capítulo 23

No começo do tratamento usei muitas perucas. Elas eram sintéticas porque eu não podia gastar com uma peruca natural linda. Estava fora do meu orçamento!

Até pedi para o banco de perucas da Fundação Laço Rosa uma peruca pra mim, mas também era sintética. Achei linda, pude escolher pelo site e logo chegou na minha casa.

Por sorte, a minha melhor amiga Ana Virginia estava indo para Califórnia, então pedi para que ela comprasse algumas perucas pra mim. Elas custavam cerca de 50 dólares cada, eu poderia ter algumas opções e me diverti muito com elas!

O Gregório, meu filho, não gostava de me ver sem peruca. Então, até para dormir com ele, às vezes, usava minhas perucas e acordava com a cabeça latejando! Fora que detonei muito elas com minhas experiências, chapinhas e escovações, penteados.. Ia para praia com elas, sujava, limpava… Não adianta, perucas sintéticas não duram muito.

Essas perucas que a Ana me trouxe se acabaram rapidinho. Então, uma amiga do meu pai que tem uma loja perto dele tirou as duas perucas chanel das manequins da loja dela e me deu. Olha que fofa! Elas eram bem lindas, mas acabei com elas também. Rsrsrs.

Comecei a frequentar as lojas de fantasia, de manequins, e sempre comprava uma peruquinha para sair por aí, mas eram sempre baratinhas.

Foi aí que eu comecei a comprar as coloridas também!

<3

Claro que eu queria uma peruca natural bem linda e longa, mas a gente se vira com o que tem, não é mesmo?

Fotos: Ricardo Wolff – Agência RBS

Comentários

comentário

Você também pode gostar
NOVELINHA QEB | Capítulo 18
AMARRAÇÃO DE LENÇOS
VAMOS SAIR DE LENÇO HOJE?
TURBANTES: PRATICIDADE E ELEGÂNCIA

Deixe um comentário