Home > Comportamento > NOVELINHA QEB | Capítulo 9

Os exames foram todos feitos e eu não tinha metástase graças a Deus! Mesmo os linfonodos não estavam comprometidos, e eu não precisaria fazer o esvaziamento total axilar. Então chegou a hora de ir para o hospital.

Capítulo 9

A mastectomia.

Chegou o grande dia, meus amigos Ana Virginia e Murilo foram até lá para me desejar sorte. Eu sorria por fora e tremia por dentro!
Meu pai e minha mãe estavam lá comigo, dei a entrada na papelada, me despedi e fui, entrei no centro cirúrgico.Minha vontade mesmo era grudar na minha mãe ou sair correndo dali.
Então me vesti, tomei uma medicação e lembro de estar sentada numa maca, quando a enfermeira veio me entrevistar. Sabe aquelas perguntinhas de sempre? Você é alérgica, cardíaca, toma algum medicamento? Nisso passava o filminho na minha cabeça, minha infância, minhas aventuras… Caramba, vou entrar numa cirurgia pra tirar o câncer do meu corpo – eu pensei. E vão tirar os meus peitos também ? como é que pode a vida da gene mudar assim tão de repente! E se não der pra fazer a reconstrução? E se eu não acordar da cirurgia? Me bateu o desespero. A enfermeira tentou me acalmar, afirmando que tudo ia dar certo; nisso eu já tinha tomado um remedinho pra relaxar e logo eu iria começar a dormir. Eu chorei como criança, eu estava com muito medo e tremia muito, eu sentia frio e solidão. Mas eu não tinha escolha, era operar ou operar.O Roger, meu ex namorado e cirurgião, disse que estaria na sala comigo alguma hora, eu esperava ele aparecer ali pra ficar comigo; pedi pra enfermeira deixar ele entrar, pedi pra médica… Ver um rosto conhecido ou segurar a mão de alguém ia me fazer me sentir melhor.
Eu tinha que ser corajosa.

Comentários

comentário

Deixe um comentário